?

Log in

No account? Create an account
angel_selene
10 February 2013 @ 02:36 am
2013  
To aqui, as 02:22 vendo carnaval, ou melhor, enrolando pra ver a Unidos de Vila Maria. E imaginando que ate uns dias atras eu tinha 29 e hj eu ja to com 30 anos.

Passou muito rapido, os 30 anos veio e eu achando que ia entrar em crises e um monte de bobagens, de fato, ano passando eu passei ate metade do ano, com a cabeça na "merda", mas felizmente passou. Minha vida deu 360º em muito pouco tempo e de repente eu to casada!!

A vida de casa é louca, jamais pensei que ia ficar meio bitolada em limpeza, ja que eu queria apenas ficar aproveitando da minha mamae, as coisas aconteceram muito rapidamente. Quando menos pensei tudo tinha mudado. Tomei uma decisão muito importante, quis dar a minha cara a tapa, fazer algo por mim, pq ate então estava presa no passado.

Foi uma coisa boa? Só da pra saber mais para frente. Me arrisco a dizer que nada em mim é 100% certo, me arrisco a dizer talvez não tenha feito uma boa escolha, mas o tempo me dirá.

Tenho observado muito mais as coisas, e vejo o quanto sou louca e talvez ate sem noção, mas porra, quem nao arrisca não petisca!

Minha vida mudou muito nesses últimos meses, casei! Isso por si só, é absurdamente louco, pra mim ainda é louco. No entanto, estava na hora de tomar rumo, sei la o que vai acontecer daqui pra frente, mas tbm não to mto preocupada. 

Quero realmente fazer o que deixei de lado, que é viver! O que vier disso é aprendizagem, é lucro e faz parte.

E vamos que vamos né??
 
 
angel_selene
13 October 2012 @ 11:54 pm
Essa musica está na minha cabeça há semanas, ate fiquei enjoada dela... Como um grude total, então, resolvi postar a tradução dela. 

Love Story - Namie Amuro

Eu já sabia desde cedo
Que eu não sou boa em histórias de amor
A heroína incendiada pelo amor
Papos de mulher sem fim
fofocas e comerciais
Eu sempre quis escapar

Agora eu estou crescida
Eu tenho obtido as coisas que eu queria
Mas eu sei que em troca
Eu não posso obter o seu eterno sorriso

Baby... Eu te amo
mais do que ninguém
Mas eu estou andando no caminho que eu escolhi
Eu vou continuar te amando,
mesmo depois de renascer
Mas não podemos mais ficar juntos
Porque essa é a nossa história de amor

Não há um dia em que
Não quero dormir em seus braços
Como uma criança
Venha pensar sobre isso
Quanto tempo passou desde que eu chorei?
Mas é tarde demais para mudar as coisas agora

Você sabe que eu estou crescida

Eu tenho obtido as coisas que eu queria
Mas eu sei que em troca
Eu deixo de ter seu sorriso e bondade

Baby... Quem eu vou ficar olhando?
Com quem eu vou gastando meu tempo?
Eu sei que nunca serei capaz de te esquecer
Eu vou continuar te amando
dentro do meu coração
Mas não podemos mais ficar juntos
Porque essa é a nossa história de amor

Embora eu soubesse que acabaríamos nos separando
Sou grata pelo milagre de ter conhecido você
Naqueles dias insubstituíveis,
os arrependimentos, as dores
E até mesmo a tristeza vai brilhar,
Ontem...
sim...

Talvez, eu te ame
mais do que ninguém
Mas eu estou andando no caminho que eu escolhi
Eu vou continuar te amando,
mesmo depois de renascer
Mas não podemos mais ficar juntos
Porque essa é a nossa história de amor.

------

Faz tanto tempo que não posto nada aqui. Enfim, vou ficando por aqui.

xoxo

 
 
Localização: São Paulo
Música: Love Story
 
 
angel_selene
03 June 2012 @ 03:20 pm

Estou aqui

Estou aqui. Neste lugar, estou aqui
Estou aqui. Neste lugar, estou bem aqui

Estou aqui. Estou aqui agora
Estou aqui. Neste lugar agora agora, eu estou bem aqui

Dar tudo de mim não foi o suficiente, me jogar fora não foi o suficiente
Você não sabia o quanto eu te amei
Você talvez não saiba que estou aqui
Estou aqui. Neste lugar, estou aqui
Estou aqui. Neste lugar, estou bem aqui

Dar tudo de mim não foi o suficiente, me jogar fora não foi o suficiente
Você não sabia o quanto eu te amei
Eu vou apenas esperar por você neste lugar

Mesmo se você me amaldiçoar, está bem. Mesmo se você me jogar fora, está bem
Você não sabia o quanto eu te amei
Você talvez não saiba que estou aqui
Você talvez não saiba que estou aqui



Não estou aqui esperando ninguém, apesar de ter ficado um bom tempo perdida nessa esperança, que na verdade se tornou um pesadelo.
Não vou dizer, que tanto faz, porque infelizmente ainda tem algum tipo de influencia em mim.

Tenho pensando muito, tenho vivido entre me sentir carente e querer ficar sozinha, isso me deixa extremamente confusa, uma vez, que eu sempre me senti sozinha, agora eu desejo de todo o meu coração ficar sozinha. Medo? conversando com a Ingrid, cheguei a conclusão que pode ser isso.

Eu estou aqui, mas nao faço ideia do que fazer pra me ajudar. Eu estou aqui, esperando por mim mesma... Não sei como chegar, nem como mudar todos esses pensamentos.

Que hoje são de esperança, mas que amanha ja são tão negativos, que eu fico apavorada xD.

Acho que sempre fiquei devendo algo pra mim... Acho não, tenho certeza. Em poucos meses eu vou encarar o mundo com o olhar de um mulher de 30, mas sinceramente, não consigo me ver como essa mulher xD.

Pulei a fase da adolescencia, as vezes eu sinto que vivo isso hoje, talvez ate viva mesmo.

Sempre fui muito confusa, mas dessa vez, essa confusão de sentimentos, confusao do que é ser EU, e quem sou eu? Ta me deixando total perdida.

Perguntei pra Di, eu era assim, qdo voce me conheceu? Não era!! Foi a resposta dela. Mas eu ja tomei tanto na cara, que ser daquele jeito, não da mais. Só que ser do jeito que estou tambem não dá.

Como diz a Juliana, eu me boicoto, e sinceramente acho que faço isso muito bem, não é caso pra rir. Com todos esses medos que sinto... Com todos esses sentimentos amargos, eu misturo o ser aquariano com o ser pisciniano.

Qual dos dois é realmente eu? Seria eu os dois? Quem sou eu? O que eu quero viver? Será que o que eu escolhi é o certo? Aishii >_< Fora outras milhares de questões e pensamentos absurdos que surgem a cada segundo.

Não sei o que quero! Ter todas essas duvidas é normal, mas porra... to ficando louca. Só sei de uma coisa, to em falta comigo mesma, em varias partes. Só posso nesse momento me pedir perdão, tentar resolver tudo isso pra poder ficar de bem cmg. Reforma Intima!!

Sinto me, hoje... Estranhamente solitária, queria carinho, queria atenção... Tudo que não posso ter. Prefiro não sentir esses sentimentos, esses desejos, prefiro que eles fiquem guardados, pra eu me sentir ao menos um pouco melhor.

Só queria não ter que passar por isso, mas eu escolhi assim... Mas eu tenho o poder de melhorar, não é mesmo? Só naõ sei como \o/.

Nesse momento ta doendo profundamente, nesse momento eu só quero ser aquela menina de 5 anos, que se prendeu dentro de casa, com a panela de pressão no fogão, a janela da sala totalmente aberta, e as pessoas do lado de fora pedindo e implorando pra eu abrir a porta, mas eu deitei no sofá e durmi.

Naquele dia, poderia ter acontecido tantas coisas, mas eu despreocupada da vida, apenas deitei no sofá e durmi. Minha mãe correu pra pegara chave de casa com meu pai no trabalho dele, qdo ela conseguiu entrar, o feijão estava queimando, eu estava dormindo, e as janelas de casa todas abertas. Mas independendo de tudo isso, eu era mais eu, o que hoje eu deixei de ser.
 
 
Localização: Brazil, São Paulo
 
 
angel_selene
01 May 2012 @ 09:47 pm
Não sei, sinceramente, dizer o que acontece comigo.

Antes eu chorava porque me sentia sozinha, agora é totalmente o oposto. Simplesmente tenho me isolado das pessoas.
É engraçado, porque, quando vem gente em casa, eu me pego orando pra que a pessoa va logo embora.

Isso é muito do contra, e eu simplesmente nao sei o sentido e o por que disso.

Sou tipo de pessoa extremamente emocional, qualquer coisa pode me abalar, isso atrapalha demais, uma vez que tenho uma tendencia grande pra depressão.

Estou confusa sobre certas coisas, e não sei bem por quais caminhos seguir. Sinto que as coisas estão todas nas minhas costas e que de repente tudo isso tem me feito cair.

Cair, por ser pesado demais, por me preocupar demais com o proximo e esquecer malditamente que eu Rosangela existo.

Como diz a Juliana, me boicoto lindamente. La no começo do ano, eu me julgava carente, hoje não tenho mais esse sentimento, só quero estar sozinha.

De repente toda aquela solidão que eu tanto reclamava virou algo contrario. E eu nem tenho certeza do por que. Nem sei por onde andar.

Há um tempo, eu talvez estivesse perdida por conta de sentimentos mal resolvidos, agora eu realmente quero que esse sentimento suma, e não faz mais tanta questão por conta disso,  o que quero dizer, que antes eu tinha um motivo, agora eu, simplesmente não sei!

É no minimo ridiculo, mas sei lá. Essa pessoa, nesse momento... Sou eu!

As coisas estao pesadas demais, acredito que eu tenho força pra aguentar, mas nesse momento eu não faço ideia de onde foram todas as forças, porque eu prefiro apenas deixar passar e ficar nesse maldito conforto... Onde eu to sozinha, onde eu quero estar sozinha, onde eu desejo estar sozinha.

E onde eu deveria dar a volta por cima e para de tanta bobagem. Porque é isso! Mas ta foda... Toda vez eu sempre tenho algum problema, no fim...

Dessa vez, realmente, não é como as outras vezes, não tenho ideia de como encarar isso. Nem expressar o que sinto, to conseguindo.

Me sinto derrotada... Claro, tratar do que eu sinto com o proximo é realmente dificil, é sempre mais facil escrever do que falar. Sempre mais facil fugir do que dar a cara a tapa.

Imagino que ngm vai ler, e tbm... quem vai perder tempo com tanta lamentação!!! Apenas um desabafo... Apenas colando pra fora aquilo que esta me sufocando, apesar de continuar a sufocar, afinal, mesmo que eu nao me sinta assim, é algo solitario.

Talvez eu ate sinta sim, mas não achei onde esta!!

Seja la como vou me resolver, espero que consiga logo!!
 
 
Localização: Brazil, São Paulo
 
 
angel_selene
14 April 2012 @ 10:36 pm
Sempre que a nuvem escura vem em cima de nossas cabeças, achamos que vamos viver isso o resto da vida. Assim como as tempestades, tudo uma hora passa. Por mais dificil que seja, uma hora os raios do sol vão invadir nossas vidas.

Por mais dificil que seja, devemos levantar a cabeça e continuar a andar pela tempestade, passar por todos os obstaculos que ela nos der. Porque mais cedo ou mais tarde, o sol vem, pra aquecer e iluminar nossa vida!


Tempestade

Tinha uma garota contemplando o mar
Gotas caíram na fraca luz do Sol
Pequenas mãos se estenderam, tentando retornar ao céu
O que ela decidiu? Eu sei melhor que qualquer um
Se você está sozinho e chorando, tente se tornar mais forte

O tempo passa, um novo vento sopra
Lá longe, este desejo ilumina a manhã de alguém
Dói demais, não consigo sorrir de verdade
Vou fechar os olhos por um momento agora
Até a tempestade passar

Eu escolhi palavras que preencheriam
O buraco em meu coração
Mas elas eram ocas, vagueando ao passado
Viver com os ouvidos tapados
É o mesmo que viver em um mundo monocromático
É por isso que eu quero te perdoar

O tempo passa, um novo vento sopra
Lá longe, estes pensamentos secam as lágrimas de alguém
A bênção da vida transborda da terra
Nenhuma tristeza é infinita
Pétalas dançando no céu

Procurando um lar
Estou gritando forte
Forte o bastante para perder a voz
Mesmo se eu ficar presa na lama
E me tornar a última pessoa do mundo
Eu ainda acreditarei, por que isso?

O tempo passa, um novo vento sopra
Lá longe, este desejo ilumina a manhã de alguém
Eu chorei, eu ri, andarei por esse caminho
Através da luz
E amarei a tudo

A tempestade está passando...

By:. Namie Amuro - Musica - Tempest
 
 
Localização: Brazil, São Paulo
 
 
 
angel_selene
10 April 2012 @ 12:08 pm

As vezes passamos por momentos que a nossa vida acaba virando uma grande escuridão, de tão mal, que ficamos. Sou uma pessoa que vive esses altos e baixos intensamente. Hoje pode estar tudo bem, mas amanhã talvez eu me encontre nessa escuridão. Tenho um lado emocional muito presente, as vezes ele influencia muito na minha personalidade. Enfim, não estou aqui pra falar de mim.

Estava escutando B2ST, e fui ler a tradução da musica
"Lights Go On Again", achei que ela passa uma coisa boa pra quem le a sua tradução ou mesmo escuta a musica.


As Luzes Se Acendem Mais Uma Vez

Oh, as luzes se acendem novamente
Oh, as luzes se acendem novamente

Sim senhor, as luzes se acendem mais um vez
Continuam, acendo e acendo e acendo
Acendo e acendo e acendo

Eu estava tendo problemas com a continua escuridão
Tentando alcançar um lugar
Onde um vestígio de luz brilha
Agora minha vida está aqui
Respirando calmamente
Eu vou estar orgulhoso, em frente a todos vocês

Não importa o quão dificil se torne enquanto eu caio de cansaço
As luzes me iluminam mais uma vez, oh yeah

Mesmo eu querendo desistir e sair correndo
Elas brilham sobre mim ainda mais forte
Se as luzes se acendem mais uma vez

E brilham sobre mim mais uma vez
Eu vou me levantar mais uma vez
As luzes se acendem mais um vez
As luzes se acendem mais um vez
Quando as luzes me iluminarem e me acordarem mais uma vez
Elas vão mover meu coração novamente
As luzes se acendem mais um vez
As luzes se acendem mais um vez
Oh, as luzes se acendem mais um vez
Oh, oh, As luzes se acendem mais um vez, yeah
Oh,As luzes se acendem mais um vez
Oh, oh As luzes se acendem mais um vez.

Por mais complicado que seja, por mais escuro que possa estar, sempre vai existe um feixo de luz a nos guiar, então vamos juntar nossa força, a nossa coragem e levantar mais uma vez e dar o nosso melhor, seja qual for a situação. As luzes se ascendem mais uma vez...
 
 
Localização: Brazil, São Paulo
Música: I'm Sorry - B2ST *0*
 
 
angel_selene
13 March 2012 @ 06:13 pm

Talvez alguém consiga me salvar de tudo...
E que mais poderia ser essa pessoa?
Quem mais poderia me salvar das dores que sinto nesse momento?

É tão simples a conclusão, com algumas ajudas de pessoas que eu amo, e a minha propria ajuda, vou conseguir me levantar e segui em frente. Sou forte, a musica me guie como sempre fez, e todos aqueles que se preocupam cmg tbm. DEUS esta ao meu lado e eu sei que posso ir alem, que posso crescer, que posso ser mais forte. É exatamente isso que serei!

Cores -Melodia e Harmonia-

Agora, em algum lugar, alguém esta sofrendo
sozinho, passando à noite sem poder dormir
até que uma luz brilhe no seu coração
nós entrelaçaremos estas preces
como uma melodia e harmonia apaixonadas

Pelo bem de alguém nós estamos aqui
Embora só possamos alcançar pequenas coisas
só por um segundo, nós queremos parar todas as
lágrimas do mundo e transformá-las em sorrisos

Amando e caminhando
acreditando que podemos transmitir esses sentimentos
Mesmo antes de nascermos, sabíamos que nos encontraríamos
E procuraríamos por nossos sonhos juntos

No momento em que possamos compor um som brilhante
Nós conseguiremos esquecer as tristezas
Melodia e harmonia sempre estiveram conosco

Dando-nos coragem e esperança

Obrigado, eternamente obrigado
Esses sentimentos brilhantes são presentes para nós
Nós ensinaram como apoiar um ao outro, cuidar um do outro
e que eu não estou sozinho
O amor acumulado, vai com a melodia
Queremos transmitir esse amor sempre e para sempre

Minha musica é minha vida, por você,
pelo seu soriso, porque temos fortes vínculos
minha vida é maravilhossa, sempre, para sempre
a partir de agora

Amando e caminhando
acreditando que podemos transmitir esses sentimentos
Obrigado, eternamente obrigado
Esses sentimentos brilhantes são presentes para nós
O amor acumulado, vai com a melodia
Queremos transmitir esse amor sempre e para sempre
la la la... são presentes para nós
la la la... sempre e para sempre

Agora, em algum lugar, alguém esta sofrendo
sozinho, passando à noite sem poder dormir
até que uma luz brilhe no seu coração
nós entrelaçaremos estas preces
como uma melodia e harmonia apaixonadas




E, eu vou em frente, sem parar, vou perseguir o que acredito e ser realmente quem sou! Essa é a minha meta, essa sou eu...
 
 
Localização: Brazil, São Paulo
 
 
angel_selene
07 March 2012 @ 09:02 pm

Você é tão débil mental
Não tenho motivos para te ver
O mundo está cheio de homens como você
De-de-de-débil mental
Você é tão débil mental
Deixar seus problemas de lado é muito
Te odeio
Eh eh eh eh eh eh eh eh eh
Estou bem vivendo sem você
Eu te odeio
Eh eh eh eh eh eh eh eh eh
Estou bem vivendo sem você

É só eu lembrar das minhas memórias e eu choro
Mesmo tendo paciência, paciência, não acaba
Es-es-es-estou procurando por uma luz
Estou entediada desse seu egoismo agressivo

Maus sentimentos
Isso é tudo que valho? (tão amargo)
E eu chorei (tão ruim)
Todos os dias fui trucidada
Então, seu garoto horripilante:

Você é tão débil mental
Não tenho motivos para te ver
O mundo está cheio de homens como você
De-de-de-débil mental
Você é tão débil mental
Deixar seus problemas de lado é muito

Te odeio
Eh eh eh eh eh eh eh eh eh
Estou bem vivendo sem você
Eu te odeio
Eh eh eh eh eh eh eh eh eh
Estou bem vivendo sem você

Su-su-su-suas palavras são apenas mentiras
Me engana, engana, sem parar
Um dia sua fraqueza virá, e quando ver
O trucidado será você


Maus sentimentos
Herói de final feliz (não teve)
Eu não sou como uma idiota (então entendido)
Com isso consegui entender e FIM
Você é tão débil mental

Você é tão débil mental
Não tenho motivos para te ver
O mundo está cheio de homens como você
De-de-de-débil mental
Você é tão débil mental
Deixar seus problemas de lado é muito

Te odeio
Eh eh eh eh eh eh eh eh eh
Estou bem vivendo sem você
Eu te odeio
Eh eh eh eh eh eh eh eh eh
Estou bem vivendo sem você

Vou me aliviar
Deixar divertido
Poli até o último osso o que recebi de você
Voltar ao zero
Resetar
Poli até o último osso o que recebi de você

Você é tão débil mental
Não tenho motivos para te ver
O mundo está cheio de homens como você
De-de-de-débil mental
Você é tão débil mental
Deixar seus problemas de lado é muito

Te odeio
Eh eh eh eh eh eh eh eh eh
Estou bem vivendo sem você
Eu te odeio
Eh eh eh eh eh eh eh eh eh
Estou bem vivendo sem você

 
 
Localização: Brazil, São Paulo
 
 
angel_selene
03 March 2012 @ 04:53 pm
"Cicatrizes"

Um menino tinha uma cicatriz no rosto, as pessoas do colégio não falavam com ele nem sentavam ao seu lado, na realidade quando os colegas do colégio o viam franziam a testa devido a cicatriz ser muito feia… Então a turma se reuniu com o professor e foi sugerido que aquele menino da cicatriz não frequentasse mais o colégio, o professor levou o caso à diretoria do colégio. A diretoria ouviu e chegou a seguinte conclusão: Que não poderia tirar o menino do colégio e que conversaria com o menino pra que ele fosse o ultimo a estrar em sala de aula e o primeiro a sair, desse forma nenhum aluno via o rosto do menino, a não ser que olhassem pra trás. O professor achou magnifica a ideia da diretoria, sabia que os alunos não olhariam mais pra trás. Levado ao conhecimento do menino da decisão ele prontamente aceitou a imposição do colégio, mas com uma condição: que ele compareceria na frente de todos os colegas do colégio, para dizer o porque daquela CICATRIZ. A turma concordou e no dia seguinte o menino entrou e dirigiu-se a frente da sala de aula e começou a relatar: – Sabe turma, eu entendo vocês. Essa cicatriz é muito feia, mas foi assim que eu a adquiri:- Minha mãe era muito pobre e pra ajudar na alimentação da casa ela passava roupa pra fora… eu tinha por volta de 7 ou 8 anos de idade…(A turma tava em silencio atenta a tudo…) o menino continuou: – Além de mim, tinha mais 3 irmãozinhos um de 4 anos, outro de 2 anos e uma irmãzinha de apenas alguns dias de vida..(SILENCIO TOTAL NA SALA). Foi aí que não sei como a nossa casa que era simples e toda de madeira começou a pegar fogo.. minha mãe correu ate o quarto em que estávamos, pegou meu irmão de 4 anos o de 2 anos e eu pelo braço e nos levou pra fora, havia muita fumaça, as paredes que eram de madeira pegavam fogo e estavam muito quentes… minha mãe colocou-me sentado no chão do lado de fora e pediu que eu ficasse ali ate ela voltar, pois minha mãe tinha que voltar a casa e pear a minha irmãzinha que ainda ficara no quarto em chamas.. só que quando minha mãe tentou entrar na casa em chamas as pessoas que estavam ali não deixaram minha mãe pegar minha irmãzinha e via minha mãe gritar: “minha filha esta la dentro”! Vi no rosto da minha mãe o desespero, o horror e ela gritava, mas aquelas pessoas não deixavam minha mãe buscar minha irmãzinha. Foi aí que decidi: Deixei meus irmãos e disse-lhes que não saísse de la ate eu voltar, sai entre as pessoas e sem que eles percebessem eu entrei na casa… Havia muita fumaça, estava tudo muito quente,mas eu tinha que pegar minha irmãzinha. Eu sabia o quarto em que ela estava. Quando cheguei ao quarto la estava ela enrolada num lençol e chorava muito. Nesse momento vi alguma coisa caindo e então me joguei sobre ela pra protege-la e aquela coisa quente tocou no meu rosto. (a turma estava quieta, atenta ao menino e envergonhada) então o menino continuou: Vocês podem ate achar essa CICATRIZ feia, mas tem alguém la em casa que a acha linda e todos os dias quando eu chego, ela minha irmãzinha a beija porque sabe que a marca do AMOR.

Pra você que leu essa historia ate o fim, queria dizer que o mundo esta cheio de cicatrizes. Não falo da cicatriz visível, mas das cicatrizes que não se veem, estamos sempre prontos a abrir cicatrizes nas pessoas, seja com palavras ou ações. Ha aproximadamente 2000 anos JESUS CRISTO adquiriu algumas cicatrizes nas mãos, pés, corpo e cabeça. Essas cicatrizes eram nossas, mas Ele nos protegeu e morreu em nosso lugar e ficou com todas aquelas cicatrizes. Essas também são marcas DE AMOR.
 
 
Localização: Brazil, São Paulo
 
 
angel_selene
02 March 2012 @ 07:01 pm

Eu sei, mas não devia

Marina Colasanti


Eu sei que a gente se acostuma. Mas não devia.

A gente se acostuma a morar em apartamentos de fundos e a não ter outra vista que não as janelas ao redor. E, porque não tem vista, logo se acostuma a não olhar para fora. E, porque não olha para fora, logo se acostuma a não abrir de todo as cortinas. E, porque não abre as cortinas, logo se acostuma a acender mais cedo a luz. E, à medida que se acostuma, esquece o sol, esquece o ar, esquece a amplidão.

A gente se acostuma a acordar de manhã sobressaltado porque está na hora. A tomar o café correndo porque está atrasado. A ler o jornal no ônibus porque não pode perder o tempo da viagem. A comer sanduíche porque não dá para almoçar. A sair do trabalho porque já é noite. A cochilar no ônibus porque está cansado. A deitar cedo e dormir pesado sem ter vivido o dia.

A gente se acostuma a abrir o jornal e a ler sobre a guerra. E, aceitando a guerra, aceita os mortos e que haja números para os mortos. E, aceitando os números, aceita não acreditar nas negociações de paz. E, não acreditando nas negociações de paz, aceita ler todo dia da guerra, dos números, da longa duração.

A gente se acostuma a esperar o dia inteiro e ouvir no telefone: hoje não posso ir. A sorrir para as pessoas sem receber um sorriso de volta. A ser ignorado quando precisava tanto ser visto.

A gente se acostuma a pagar por tudo o que deseja e o de que necessita. E a lutar para ganhar o dinheiro com que pagar. E a ganhar menos do que precisa. E a fazer fila para pagar. E a pagar mais do que as coisas valem. E, a saber, que cada vez pagar mais. E a procurar mais trabalho, para ganhar mais dinheiro, para ter com que pagar nas filas em que se cobra.

A gente se acostuma a andar na rua e ver cartazes. A abrir as revistas e ver anúncios. A ligar a televisão e assistir a comerciais. A ir ao cinema e engolir publicidade. A ser instigado, conduzido, desnorteado, lançado na infindável catarata dos produtos.

A gente se acostuma à poluição. Às salas fechadas de ar condicionado e cheiro de cigarro. À luz artificial de ligeiro tremor. Ao choque que os olhos levam na luz natural. Às bactérias da água potável. À contaminação da água do mar. À lenta morte dos rios. Se acostuma a não ouvir passarinho, a não ter galo de madrugada, a temer a hidrofobia dos cães, a não colher fruta no pé, a não ter sequer uma planta.

A gente se acostuma a coisas demais, para não sofrer. Em doses pequenas, tentando não perceber, vai afastando uma dor aqui, um ressentimento ali, uma revolta acolá. Se o cinema está cheio, a gente senta na primeira fila e torce um pouco o pescoço. Se a praia está contaminada, a gente molha só os pés e sua no resto do corpo. Se o trabalho está duro, a gente se consola pensando no fim de semana. E se no fim de semana não há muito o que fazer a gente vai dormir cedo e ainda fica satisfeito porque tem sempre sono atrasado.

A gente se acostuma para não se ralar na aspereza, para preservar a pele. Se acostuma para evitar feridas, sangramentos, para esquivar-se de faca e baioneta, para poupar o peito. A gente se acostuma para poupar a vida. Que aos poucos se gasta, e que, gasta de tanto acostumar, se perde de si mesma.

Marina Colasanti

 
 
Localização: Brazil, São Paulo